terça-feira, 25 de outubro de 2011



"Eu gosto do que é de verdade, da atração mútua que envolve caminhos diferentes; da satisfação recíproca entre o ser e o mundo; gosto das palavras fortes que se fixam na memória buscando lembranças, tornando-as palpáveis...
Apaixono-me todos os dias pelos acasos que levam as pessoas a se fixarem na minha vida, querendo ficar, e merecendo ficar; As sensações que podo disso são selecionadas em um tipo especial de exigências, um tipo que se engaja com a essência insubstituível de cada um."



[Poliana Fonteles]


2 comentários:

  1. O acaso que sempre age em nossas vidas sem prévio aviso, mas nos permite ser felizes...


    Beijos flor*

    ResponderExcluir